Lili Reinhart Brasil » Arquivos
Lili Pauline Reinhart é uma atriz norte-americana, mais conhecida por interpretar Betty Cooper na série de televisão Riverdale, da The CW. Nasceu e cresceu em Cleveland, Ohio, nos Estados Unidos.
L OFFICIEL: LILI REINHART ESTÁ PASSANDO PELA ANSIEDADE ATRAVÉS DE SUA POESIA
05/09/2020

Pouco antes de publicar ‘Swimming Lessons’, a atriz de ‘Hustlers’ e ‘Riverdale’ fala sobre ansiedade, intimidade e seu primeiro crédito de produtora executiva.

São onze da manhã e Lili Reinhart acabou de acordar cinco minutos atrás em seu apartamento de trabalho semi-permanente em Vancouver em um dia de folga das filmagens da quarta temporada de Riverdale, a atualização obscura da Archie Comics que a tornou muito famosa apenas alguns anos atrás por sua virada de estrela naturalmente comandante como Betty Cooper. Está chovendo, as cortinas blecaute da Ikea ainda estão fechadas e ela está falando abertamente sobre coisas como o cesto de roupa suja que está cheio de sapatos em seu depósito em Los Angeles (“Vou literalmente comprar uma casa nos próximos dois anos. Eu posso ter a porra de um armário ”, ela brinca), e seu amor por documentários de crimes verdadeiros, que naturalmente incluem Don’t F *** With Cats da Netflix. “Horrível. Eu estava assistindo entre as tomadas no set. Eu não me cansava ”, ela se entusiasma, descrevendo um tipo de método incidental de atuação que parece apropriado para Riverdale.

Reinhart está prestes a publicar seu primeiro livro, uma coleção de poemas chamada Swimming Lessons. Ela tinha 16 anos quando começou a escrever poesia, durante um momento pessoal difícil depois que sua família se mudou de sua antiga casa fora de Cleveland, Ohio, para a Carolina do Norte, onde ela decidiu terminar o ensino médio online, em parte por causa de sua ansiedade social e em parte por causa ela já estava determinada a continuar atuando. (Ela se mudou para Los Angeles quando tinha 18 anos). Ela começou a pesquisar e depois a escrever poemas sobre relacionamentos à distância para compartilhar com seu namorado de longa distância e foi atraída por poetas das redes sociais como Tyler Knott Gregson, RM Drake e Lang Leav, quem ela descreve como seu favorito até hoje.

Reinhart foi encorajada a publicar um livro depois de compartilhar seus poemas pela primeira vez em sua conta do Tumblr menos conhecida – uma espécie de lançamento suave que permitiu o tipo de intimidade civil que sua conta do Instagram, com seus 22 milhões de seguidores, não podia. “Nunca pensei que publicaria um livro. E eu definitivamente nunca quis ser uma daquelas pessoas que publicou um livro sobre si mesmas, como, ‘Oh, esta foi a minha jornada para blá, blá, blá’ ”, explica ela. “Eu nem mesmo leio aqueles tipos de livros que as celebridades escrevem sobre si mesmas. Mas eu amo poesia. Realmente nunca foi sobre, ‘Oh, o que posso monetizar? Deixe-me monetizar um hobby meu! ‘”

“Às vezes eu tenho que me dar um tempo de merda. Não sei o que quero compartilhar com o mundo ainda. Estou descobrindo à medida que vou avançando. ”

Swimming Lessons oferece histórias pessoais profundas. “Há muito de mim lá e minhas experiências com amor, depressão e ansiedade”, diz ela. Em sua poesia, Reinhart negocia abertamente a tensão entre o público e o privado enquanto sua vida continua a mudar rápida e radicalmente, algo que se tornou particularmente acentuado durante seu relacionamento semipermeável fora das telas com sua co-estrela de Riverdale, Cole Sprouse.

“Parece quase contraditório ser como,‘ Sim, eu gosto de manter minha vida privada privada e depois publicar um livro de poemas sobre o amor ’”, ela diz e ri. “Mas, para ser sincero, os poemas são um retrato de sentimentos. Não é minha história, não é uma autobiografia que alguém vai ler e ficar tipo, ‘Oh, isso é algo que aconteceu com ela!’ Sim, tem muito disso aí, muitas das minhas experiências pessoais, mas algumas delas é uma narrativa fictícia inspirada por um sentimento. Acho que alguém que está lendo o livro poderia pensar: ‘Ooh, vou conseguir detalhes interessantes sobre sua vida amorosa’, mas não é isso que acontece ”. Ela acrescenta: “Isso dá a você um vislumbre de quão profundamente eu senti o amor e a perda, mas não diz nada sobre um relacionamento que eu tive”.

Nem é preciso dizer que Reinhart recebe muita atenção. “É um tornado. Às vezes eu tenho que me lembrar que tenho 23 anos e ninguém me ensinou como fazer isso. Não sei o que estou fazendo! ” ela diz e ri. “Às vezes eu tenho que me dar um tempo de merda. Não sei o que quero compartilhar com o mundo ainda. Estou descobrindo à medida que vou. ”

Ela sabe que é apaixonada por Chemical Hearts, o filme da Amazon Studios em que ela estrela baseado no romance para jovens adultos, e seu primeiro crédito de produtora executiva. Reinhart o descreve como “radicalmente diferente de Riverdale” e acha que será divertido para as pessoas vê-la como algo diferente de Betty – enquanto observa que seu papel como Annabelle no épico do capitalismo de strip club da diretora Lorene Scafaria, Hustlers, foi obviamente útil para esse fim. (Reinhart começou a filmar Chemical Hearts em Nova Jersey uma semana depois de terminar as filmagens de Hustlers em Nova York.)

 

“Este filme realmente significa muito para mim. Eu realmente coloquei meu coração em risco e toda minha vulnerabilidade lá fora ”, diz ela sobre o romance adolescente em que interpreta Grace, uma estudante transferida que lê Pablo Neruda. “Mal posso esperar que o mundo veja! Eu sei que estou tão feliz com isso e tão orgulhoso que realmente não importa o que os outros pensam. Não é uma típica história de amor adolescente. Realmente não é como A culpa é das estrelas ou A barraca do beijo ou qualquer coisa assim, nada contra esses filmes, mas é diferente. Parece mais melancólico e um pouco mais cru e exposto. Espero que as pessoas possam ver a beleza que eu vejo nisso. ”

E o que Reinhart deseja que os leitores tirem de Swimming Lessons? “Conforto”, ela diz. “Comecei a ler poesia para me sentir consolada e não sozinha e espero que as pessoas possam ler meu livro e sentir que não estão sozinhas, que alguém sabe exatamente como se sentem. E que é normal sentir-se triste, melancólico e com o coração partido e seguir os passos de ser um ser humano. Eu sempre me lembro que é uma coisa linda podermos experimentar todas essas coisas. Dói e é difícil, mas eu não faria de outra maneira. É um privilégio sentir tanto. ”

 

Fonte: L’Officiel

Tradução: Equipe Lili Reinhart Brasil

Confira o ensaio fotográfico completo da atriz Lili Reinhart para a revista L’Officiel de março de 2020: