Lili Reinhart Brasil » Arquivos
Lili Pauline Reinhart é uma atriz norte-americana, mais conhecida por interpretar Betty Cooper na série de televisão Riverdale, da The CW. Nasceu e cresceu em Cleveland, Ohio, nos Estados Unidos.
LILI REINHART É NOMEADA UMA DAS 100 HOMENAGEADAS DA CREATE & CULTIVATE; CONFIRA
22/01/2019

Lili_header.png

Lili Reinhart foi nomeada uma das 100 homenageadas da Create & Cultivate e concedeu uma pequena entrevista para falar sobre projetos futuros, o que Riverdale à ensinou e muito mais; confira a entrevista completa e traduzida abaixo.

Lili Reinhart é muito inteligente apesar da idade. Mesmo depois de ter feito um papel de protagonista em Riverdale, a subversiva CW assumiu a Archie Comics, ela perdeu exatamente zero por cento de sua personalidade humilde. Conversar com Lili é como conversar com uma melhor amiga – ela quer que você saiba sobre sua jornada difícil para Hollywood, seu compromisso com o trabalho por qual ela é apaixonada e como ela está tentando postar menos sobre sua vida pessoal no Instagram.

 

Quando a primeira fita de audição de Lili foi recusada pela equipe de elenco em Riverdale, ela não aceitou um não como resposta. De alguma forma, ela teve outra chance de fazer o teste e, na segunda vez, ela arrasou. O resto, é claro, é historia.

 

Lili pode ter só 22 anos, mas ela sabe o que quer, e nós não podemos esperar para vê-la alcançar seus objetivos.

 

Você se mudou para LA sozinha aos 18 anos. Que conselho você tem para outras jovens em perseguir seus sonhos, mesmo que sejam assustadoras?

Acho que a coisa mais importante a dizer a si mesmo é que pode levar várias tentativas para que seus sonhos se concretizem. Eu acabei voltando para casa para me recuperar depois da minha primeira vez morando em Los Angeles. Fiquei lá por 5 meses, passei na minha conta de poupança e, eventualmente, tive que voltar para casa para economizar dinheiro. Nada se encaixou imediatamente, isso é certo. Eu realmente passei 2 meses em Los Angeles quando eu tinha 16 anos também, fazendo testes para qualquer coisa que eu pudesse. Meu sucesso não aconteceu da noite para o dia. Comecei a fazer audições para projetos quando tinha 12 anos e finalmente consegui meu grande papel em Riverdale quando tinha 19 anos. Perseguir seus sonhos sempre será assustador, mas será mais fácil se você se lembrar de que é preciso paciência e perseverança para coisas boas acontecer.

 

Qual foi a maior surpresa ou destaque da sua carreira até hoje?

Acho que um dos destaques dessa carreira foi a oportunidade de viajar. Eu cresci querendo viajar pelo mundo, mas nunca tinha estado no Canadá quando reservei Riverdale. Desde então, eu fui a Paris, Cidade do México e em todo o país para jornais ou convenções relacionadas ao trabalho. Também irei à Milão na primavera.

 

Quando você atinge encontra um obstáculo em sua carreira, como você encontra uma nova estrada + muda de marcha para encontrar sucesso?

Às vezes, é tudo sobre estar no lugar certo na hora certa. É diferente para todos, claro; não há dois caminhos para o sucesso parecem os mesmos. Mas, por exemplo, comigo … mudar para Los Angeles foi a escolha certa. Não deu certo na primeira vez. Foi só quando me mudei de novo que tive a oportunidade de pessoalmente ir fazer um teste para Riverdale. Era o projeto certo, o papel certo, e eu estava na cidade certa para fazer o teste pessoalmente. As estrelas tinham alinhado quando apenas um ano antes, elas não haviam. Então, acho que seria prejudicial pensar que um caminho ou uma estrada não está funcionando apenas por causa de uma experiência falha. Eu sempre digo, continue tentando. Esvazie o caminho, se necessário, até que você precise encontrar um novo.

Seu trabalho faz você se sentir mais completa?

É incrivelmente gratificante trabalhar como atriz. Isso é algo que eu queria fazer toda a minha vida. E para ser honesta, eu não tive muita dúvida sobre o fato de eu ter entrado para essa indústria quando eu estava crescendo. Senti-me desanimada e frustrada, é claro, mas acho que sempre soube que era nisso que eu era boa e que tudo daria certo. Nada mais parecia certo. Eu não me dei um plano B. Eu não fui para a faculdade para estudar qualquer outra coisa, eu não tinha nenhum plano de segurança. Eu seria atriz. Ponto final. Então, acho incrivelmente gratificante estar na posição em que estou hoje. Fico feliz por não ter duvidado de mim mesma, embora às vezes outras pessoas considerassem meus sonhos irrealistas ou fora de alcance.

 

Em Riverdale, você interpreta a amada Betty Cooper. O que você diria para as pessoas que poderiam tipificá-lo como um personagem unidimensional da “garota da casa ao lado” no seu futuro como atriz?

Eu acho que é minha decisão não ser definida, honestamente. Eu tenho que escolher os papéis certos para mim. Eu não estou interessado em fazer audições ou fazer parte de projetos em que eu estaria interpretando com a garota da casa ao lado, ou uma jovem detetive. Estou procurando seriamente projetos em que o papel não me lembra Betty. Cabe a mim mostrar meu alcance nos próximos papéis que vou interpretar. As pessoas podem tentar me definir, mas não vou deixar isso acontecer.

Você tem sido bastante inflexível em manter sua vida pessoal fora da imprensa. Como você lida com a pressão para compartilhar sua vida diária que vem sendo o centro das atenções? Hmm. Não tenho certeza se fiz um bom trabalho nisso, honestamente. Eu gosto de dizer que vou manter meu relacionamento privado e a vida da minha família privada… mas é difícil. Eu sou uma pessoa aberta. Eu gosto de compartilhar coisas sobre mim e compartilhar vislumbres em meu mundo. Às vezes eu compartilho demais ou dou muito de mim mesma. Mas é algo em que estou trabalhando. Eu só estive no centro das atenções por dois anos, então eu ainda estou aprendendo meus limites. Uma das minhas resoluções de ano novo foi manter minha vida um pouco mais privada em geral. Eu não preciso compartilhar tanto. É bom ter algum mistério e não deixar o mundo saber tudo sobre onde você está, com quem está, o que está fazendo etc. etc.

 

Qual é o melhor conselho que você já recebeu?

O único conselho que realmente é válido para mim é quando me disseram: “Seu coração nunca o conduzirá ao erro”. E é verdade. Se eu não me sinto apaixonada por algo, eu não busco isso. Vamos tomar papéis, por exemplo: se eu ler um roteiro e ele tiver produtores incríveis, tiver um orçamento enorme, grandes celebridades em anexo … mas não ressoam nem se conectam a mim em um nível espiritual, então eu não o buscarei. Se algo não me dá borboletas ou me excita, não vale a minha energia. Eu só quero me entregar às coisas que acendem um fogo dentro de mim. E pode ser difícil permanecer fiel a isso nesse meio, em qualquer meio ou em qualquer aspecto da vida em geral. Mas pretendo continuar com esse conselho durante toda a minha carreira. As redes sociais existem em grande parte da sua vida. Como você permanece autêntica na era do Instagram? Eu percebi recentemente como é difícil para algumas pessoas permanecerem autênticas em suas plataformas de redes sociais. Mas, para ser sincera, sempre fui eu mesma. Eu não estou tentando me apresentar de uma maneira diferente ou me colocar na mais bela luz. Eu sou apenas eu. Eu não penso muito sobre o que eu publico, apenas publico. Isso é o que me mantém autêntica, eu acho. Além disso, é o que me deixa em apuros, às vezes, mas tanto faz. Se você está realmente tendo que parar e pensar ou estudar o que quer que você esteja postando … então provavelmente não será muito natural.

 

Quais mulheres do seu setor você mais gosta?E por quê?

Eu tive o privilégio de estar na platéia das premiações Glamour Women of the Year e vi Viola Davis falar. Eu estava vidrada em cada palavra dela. Ela é uma mulher e palestrante incrível. Eu acho que ela é muito inteligente e tem muito a dizer sobre ser uma mulher nesta indústria. Lady Gaga também sempre minha ídola. Ela é muito talentosa e, para mim, ela é o tipo de pessoa que você gostaria de pedir conselhos. Ela é sincera e sempre teve uma visão sobre trabalhodela que eu acho muito inspiradora.

Você já disse anteriormente que não quer fazer outra série de 22 episódios porque ocupa toda a sua vida. O que você quer para seu futuro como atriz?

Filmes. Meu coração realmente está na indústria cinematográfica. A televisão me deu a oportunidade mais incrível de criar uma plataforma e ter um trabalho consistente. Além disso, conheci algumas das pessoas mais importantes da minha vida através de Riverdale. Mas no final do dia, eu quero estar no cinema. Então, espero seguir projetos de filmes quando estiver no hiato de Riverdale de cada temporada, por quanto tempo estivermos. Seria um sonho meu estar em uma peça do período do século 19 ou 18. Talvez algum dia.

Fonte: Create & Cultivate

Tradução e adaptação: Lili Reinhart Brasil